Não desejo mais
Problemas, relacionamentos, atrasos em meu pensamento
Eu vivo esperando o momento exacto...
As coisas não se encaixam, as pessoas não se calam,
Nada disso é comum.
O quarto, a madrugada, a solidão , a calma,
Eu já passei por tudo isso...
Trancando nesta casa, no fundo quase nada,
Para o tamanho dos meus sonhos...
Trancado em mim mesmo, o único desespero:
É voltar pra onde tudo fazia sentido.

A rua, a praça, a lua, as coisas minhas e tuas,
Grandes de mais...
O teu olha perdido, eu já passei por isso,
Hoje não desejo mais.

Por isso perco tempo, analisando cada momento passado...
O arrependimento bate, em mim nada se abre e eu fico assim...
e eu fico assim... e eu fico...

Me agarro no que tenho, as lembranças que mantenho,
Coisas boas, motivacionais.
E sei que eu lhe toco, a cada verso que coloco nesta folha,
 Isso é mais que normal.
Pois se és minha de direito, no fundo eu te vejo,
A cada noite que eu passo mal.

5 Responses
  1. woops! Says:

    Mtoo legal seu blog! parabéns! bjs

    http://woopsbloops.blogspot.com/


  2. bia santos Says:

    Lendo seu post me lembrei de uma música (como não podia deixar de ser):

    "A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida"

    Gostei daqui...O template é suave, fácil de ler...


  3. Muito obrigado ao pessoal do http://woopsbloops.blogspot.com/, o blog também é ótimo, adoro curiosidades! E também a Bia Santos, que me honra muito com seu comentário!


  4. Esperança Says:

    Lindo, maravilhoso seu blog
    Parabéns fãbio! Visite-me tá
    Bj


  5. Claro que sim Esperança! Obrigado pelo comentário!